Projetos Sociais


Campanha Educativa - 19/08/2015
O Centro Espírita Unidos na Fé e a Federação Espíritas do Amapá realizarão de 23 a 29/11/2015, nas escolas de Campo do Brito, um diálogo com a juventude e aborda, à luz da Psicologia, da Medicina e da Doutrina Espírita, dois temas que consideramos de suma importância para a vida e para a saúde integral dos jovens de nossa sociedade: Aborto e Suicídio.

 

PROJETO SEMEAMAR NAS ESCOLAS  DE CAMPO DO BRITO (SE)

Apresentação

A Federação Espírita do Amapá – FEAP, fundada em 1960, é uma sociedade civil, religiosa, apolítica, filantrópica e cultural, com personalidade jurídica, sem fins lucrativos, que tem por finalidades: coordenar o Movimento Espírita no Amapá, estudar a Doutrina Espírita, difundi-la e divulgá-la por todos os meios possíveis e de comunicação, praticar a caridade moral, espiritual e material pelos meios ao seu alcance.

A FEAP apresenta às escolas o Projeto Semeamar, que objetiva despertar interesse e adesão dos dirigentes e professores sobre os temas aborto e suicídio, por meio da exibição do curta metragem da jovem Manuela Oliveira AGORA JÁ FOI, (vencedor do prêmio de Melhor Curta e Melhor Direção do V Festival de Cinema Transcendental Brasília/DF 2015) e posterior debate.
O Semeamar abre um diálogo com a juventude e aborda, à luz da Psicologia, da Medicina e da Doutrina Espírita, dois temas que consideramos de suma importância para a vida e para a saúde integral dos jovens de nossa sociedade: Aborto e Suicídio. 

Por que realizar ese projeto?
Um dos propósitos da Doutrina Espírita na humanidade é a de contribuir para a harmonia social, através de intervenções que favoreçam a obtenção da paz, a extinção da dor, a superação do sofrimento, a preservação da natureza e a concórdia nas relações interpessoais das criaturas humanas.
Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, 25 pessoas cometem suicídio por dia no Brasil. Nos últimos anos, houve aumento de 30% nesses casos entre os brasileiros de 15 a 29 anos. 
No Brasil, a taxa de suicídio aumentou cerca de 30% nos últimos 25 anos, segundo estudo da Universidade do Estado de São Paulo – UNESP.
Estimativas indicam que no Brasil, cerca de um milhão de adolescentes engravidam todo ano, e 10,7% terminam em aborto. Sessenta e oito mil mulheres, por ano, morrem por aborto, segundo dados do Banco Mundial.
No Amapá, a média de suicídio é quatro vezes maior que a nacional e entre os jovens é o Estado onde mais se aborta. 
Pelas razões acima descritas é que a FEAP e o Movimento Espírita do Amapá consideram de fundamental importância execução deste Projeto.

Qual é a proposta de trabalho? A estratégica?
A Coordenação do Semeamar é da FEAP com o apoio do Conselho Federativo Estadual – CFE  e de uma equipe de trabalhadores voluntários espíritas para a execução do projeto junto às escolas. 


O trabalho de execução consiste em 3 (três) passos básicos: 

Poderá haver vários grupos de trabalho atuando em várias escolas simultaneamente.

Objetiva-se repetir o projeto na mesma escola a cada três anos.

A estratégia do Semeamar é o esclarecimento que leva a mudança de atitude.

O que se espera?

Oferecer esclarecimentos de fundamental importância para a vida, para a saúde física, psicológica, moral e espiritual dos jovens.
Que as informações e reflexões repercutam como elemento motivador de superação e aceitação dos desafios e dificuldades que cada jovem possa ter.
Contribuir indiretamente para:
    Ampliar o espaço de expressão e diálogo nas escolas;
    Incentivar a interdisciplinaridade nos processos educativos;
    Sensibilizar gestores, educadores e educandos para os temas sociais locais; 
    Estimular a compreensão sobre a importância da valorização da vida.